Desculpe. Seu navegador não tem suporte a SVG.

 

MANIFESTO PLANO

O silencio nos permite conectar
gente com gente.

A nossa identidade, propósito e presença nos dão autoridade,
Mesmo na incerteza e na dúvida,
Com coragem, colaboração, ousadia e humanidade,
Para conhecer e transformar realidades.

Hoje.
Somos artesãos da evolução das organizações.

Nos identificamos como uma consultoria especializada em conhecer e transformar realidades com criatividade e colaboração.

CONHECER

E TRANSFORMAR REALIDADES.

Somos obstinados por realizar.”

Cocriamos o futuro no presente.”

Conectamos aspirações a resultados.”

Oferecemos soluções tailormade.”

Praticamos o respeito e admiração mútua.”

Estamos constantemente incomodados”.

Ativamos a potência coletiva.”

Somos movidos por aprendizados e trocas constantes.”

Buscamos soluções disruptivas (mas com pé no chão).”

Somos donos que atuam.”

Atuamos com autogestão.”

Valorizamos a diversidade.”

Honramos nossos compromissos.”

Somos multidisciplinares.”

fora da caixa

Buscamos constantemente beber em fontes de conhecimento que fogem exclusivamente da gestão. Isso porque entendemos que o conhecimento não é segmentado como estamos acostumados a aprender na escola.

Clique nas bolinhas e descubra o que tem despertado nosso interesse!

12003
Fundação da Plano Consulting pelos sócios Rodrigo Silveira e José Torquato
22010
Ampliação da oferta de soluções para o setor público
32015
Aumento significativo da demanda do Setor Privado
42018
Revolução do modo de constituir soluções
52020
Compreensão da complexidade e Indivíduo
 

fora da caixa

Buscamos constantemente beber em fontes de conhecimento que fogem exclusivamente da gestão. Isso porque entendemos que o conhecimento não é segmentado como estamos acostumados a aprender na escola.

Clique nas bolinhas e descubra o que tem despertado nosso interesse!

linha do tempo

2003

Fundação da Plano Consulting pelos sócios Rodrigo Silveira e José Torquato

2010

Ampliação da oferta de soluções para o setor público

2015

Aumento significativo da demanda do Setor Privado

2018

Revolução do modo de constituir soluções

2020

Compreensão da complexidade e Indivíduo

Somos obstinados por realizar.”

Cocriamos o futuro no presente.”

Conectamos aspirações a resultados.”

Praticamos o respeito e admiração mútua.”

Estamos constantemente incomodados”.

Ativamos a potência coletiva.”

Somos movidos por aprendizados e trocas constantes.”

Buscamos soluções disruptivas (mas com pé no chão)."

Somos donos que atuam.”

Atuamos com autogestão.”

Valorizamos a diversidade.”

Honramos nossos compromissos.”

Oferecemos soluções tairlormade”

Paulo Torquato > SÓCIO DIRETOR

Engenheiro pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA, Mestre em Administração (stricto sensu) pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE e Especialista em Aprendizagem Organizacional por Valença e Associados. É especialista em Planejamento Estratégico e possui grande vivência Internacional por meio de cargos executivos exercidos na França, e via inúmeras viagens de negócios ao exterior, em especial nos EUA e no Japão, onde realizou missões de benchmarking de resultados e métodos de gestão.

José Torquato > SÓCIO FUNDADOR

Mestre em Biologia-cultural pela Universidade Mayor/Chile, MBA em Gestão Estratégica da Informação pela UDF/Brasil e Graduação em Processamento de Dados pela UnB/Brasil. Torquato possui as seguintes credenciais: PMP, PMI-ACP, PMO-CC pela Global Aliance, Coaching Ontológico pela Newfield Netword/Chile, HCMP® 3G Expert Professional e é certificado na plataforma Channel/JExperts. Apaixonado por promover o gerenciamento de projetos em ambientes complexos, tem como foco aprender, praticar e difundir uma abordagem bio-cultural, adaptativa e orientada a valor para o design das organizações.

Rodrigo Silveira  > SÓCIO FUNDADOR

Graduado em Ciências da Computação pelo UniCEUB e sócio-fundador da PLANO onde vem se dedicando desde 2003 à consolidação dos conceitos, produtos e serviços oferecidos pelo grupo. É também responsável pelo desenvolvimento de novos negócios, onde vem integrando ao grupo, produtos e serviços inovadores voltados para a gestão de projetos, capacitação e melhoria de processos de comunicação. Possui mais de 24 anos de experiência em tecnologias, negócios e gestão. Tem se envolvido atualmente com estudos e projetos relacionados a big data, comunicação interativa multicanal e gestão da mudança do comportamento.

James Nogueira > DIRETOR DE OPERAÇÕES SÃO PAULO

Engenheiro civil pela Universidade de São Paulo – USP, possui Master of Business Administration pela Universidade de Toronto – Canadá, é pós-graduado em Estratégia Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e em Gestão em Controladoria Governamental pela União Educacional de Brasília, e certificado como Profissional em Gerenciamento de Projetos – PMP, pelo PMI desde 2005. Possui ampla experiência em gerenciamento de projetos, programas e portfólio, e em implantação e gerenciamento de Escritórios de Projetos – PMO. Sólido conhecimento em formulação e gestão estratégica e seus desdobramentos. Atuou em posições executivas e na liderança de projetos de grande complexidade técnica em diversos países da América do Sul e Canadá, liderando equipes multidisciplinares e multiculturais.

Cláudio Boros > SÓCIO DIRETOR

Atua há́ 20 anos com PMO e Gerenciamento de Portfólio, Programas, Projetos, Processos e Estratégia em diversos segmentos, como Construção, Engenharia Consultiva, Telecomunicações e Consultoria. Desde 2009 ocupa o cargo de sócio-Diretor da Plano Consultoria. É professor e palestrante em Gerenciamento de Projetos e Portfólio. Ministra aulas em MBA de Gestão de Projetos (IESB, IBMEC e FGV). Atua como instrutor da PlanoPro2 e como PMO Hub Leader no Brasil pela PMO Global Alliance. É Graduado em Engenharia Civil (UNESP – 1997), possui MBA em Gestão Empresarial (ESPM – 2006) e em Finanças (IBMEC – 2016). Possui certificações em PMP (PMI – 2002), PRINCE2 Practitioner (AXELOS – 2014), PMO Master Class (PMO Global Alliance – 2017), PMO Certified Consultant (PMO GA – 2017) e HCMP® 3G Expert Professional (HUCMI – 2018)

Victor Rascop > DIRETOR DE OPERAÇÕES BRASILIA

Diretor de Operações e consultor da unidade de Brasília da Plano Consultoria, onde apoiou a estruturação e a operação de diversos Escritórios de Projetos (PMO’s) públicos e privados, dentre eles o do Banco Central. Mestrando Profissional Internacional em Negócios Internacionais & Marketing e Modulo Internacional em Gestão Sustentável de Projetos - MSc. pela Universidade de Angers & Certificado pela +B Chair da Universidade de Paris. Pós-graduado em Gerenciamento de Projetos de Engenharia de Software pela Estácio. Bacharel em Direito pelo UNICEUB-DF. Diretor de Treinamentos e professor na PlanoPro2, onde ministrou mais de 100 turmas do curso preparatório para certificação PMP, dentre outros. Professor convidado nos cursos de Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos do IBMEC e da FGV. Foi por 6 anos Diretor no PMI-DF. Possui as certificações profissionais PMP®️, Prince2 Practitioner®️, PMO-CC, Management 3.0 (Attendance), Lean Kanban Practitioner e PM4R Trainer, SAFe 4 Agilist e SFPC (Scrum Foundation Professional Certificate).

Adilson Pize > DIRETOR TÉCNICO

PMP - Graduado em Processamento de Dados e Pós-Graduação em Qualidade Total e Reengenharia de Processos, acumula experiência de mais de 25 anos nas áreas de Tecnologia da Informação e Gestão Empresarial. Além de ser escritor e palestrante, é professor convidado em diversos cursos de MBA, Pós- Graduação e Pós-MBA em várias instituições brasileiras. Qualificação: Possui as certificações PMP, CBPP, PMO-CC, DALSM, CSM e ITIL Foundations e é formado no programa internacional de capacitação em liderança PMI Leadership Institute Master Class.

Marcelo Marcony > DIRETOR TÉCNICO

Mais de 25 anos de experiência com atuações em: Gestão de Órgãos Públicos, Direção,Consultoria, Gerência de Projetos, Gestão de Portfólio, Gestão de PMO, Coordenação e Liderança de Projetos e Equipes de alta complexidade. Vivência em projetos para os setores de Governo, Telecomunicações, Setor Elétrico, Sistema Financeiro Bancário, Engenharia Civil, Educação, Orçamento, Recursos Humanos e Transporte, inclusive com recursos de Lei de Informática. Na Gestão Pública atuou como Secretário de Administração do Estado do Rio Grande do Norte e foi eleito vice-presidente e posteriormente Presidente da Associação Brasileira de empresas Públicas de TIC – ABEP-TIC.

fora da caixa > neurociência

Neurociência, Neurociência Cognitiva, Neurobiologia, ou Ciência Psicológica, é o estudo científico do sistema nervoso com enfoque no comportamento. Combina fisiologia, anatomia, biofísica, biologia molecular, citologia, biologia do desenvolvimento, biologia social e evolucionária, genética comportamental, além de modelos analíticos e matemáticos, probabilidade e estatísticas, linguística e psicologia; para entender as propriedades fundamentais emergentes dos neurônios e circuitos neurais, e como a mente opera a partir destes tecidos para conjurar o comportamento observável em nossas vidas e relações sociais. Isso envolve o entendimento dos sentidos, instintos, e emoções humanas; além de funções superiores no tratamento e registro de informações – ou memória -, nossas habilidades para a comunicação verbal e não-verbal, articulação e compreensão, processamento semântico, condicional e inferencial, lógico e aritmético, motricidade e socialização... e muito mais; ilusões, delírios, alucinações, crenças, enganos... e muito mais; poesia, música, arte, conhecimento... e muito mais...

fora da caixa > pensamento sistêmico novo paradigmático

Com o avanço da ciência, cada vez mais os paradigmas vigentes passaram a considerar a complexidade e a instabilidade inerentes a nossa realidade. Ainda assim existe um terceiro elemento pouco é explorado. O pensamento sistêmico novoparadigmático assume o princípio da intersubjetividade, ou seja nossa incapacidade de falar da realidade objetivamente. Dessa forma torna-se necessário a construção de nossas “verdades” na conversação, e o compartilhamento de critérios para validar nossas afirmações. A partir dessa dinâmica podemos obter critérios intersubjetivos baseados na co-construção de uma percepção da realidade. Assim surge uma nova abordagem para a resolução de problemas que está em constante busca por uma maior coerência entre nossas ações e os resultados observados na prática, a partir de muita experimentação e da consideração de perspectivas que passariam despercebidas aos olhos de um único observador. Dessa forma, buscam-se soluções mais eficazes para lidar com os efeitos sistêmicos dos problemas e não a tentativa de resolução por meio de uma atuação pontual.

fora da caixa > visual thinking

O Visual Thinking é a habilidade de representar as ideias em forma gráfica, seja qual for a técnica utilizada (mapas mentais, esboços de anotações, tópicos, gráficos etc). Não só facilita a compreensão individual de uma ideia como ajuda na compreensão de outros, ou seja, faz a ideia pular rapidamente de uma cabeça para outra, onde poderá encontrar outras ideias e ser melhorada. Na prática, o uso de técnicas de Sketchnoting ou Sketch Thinking (esboços visuais), podem ser utilizadas para: Facilitar reuniões; fazer anotações de reuniões; ajudar pessoas a ver problemas complexos de forma mais simples; para entrevistar pessoas e muito mais. Essas técnicas somadas ao Design Thinking ganham o grande poder de clarificar o pensamento visualmente, melhorar a resolução de problemas, acelerar a comunicação, analisar e organizar informações, auxiliar a memória o aprendizado, melhorar a cognição e aumentar a confiança em seus esboços. Na Plano Consultoria utilizamos o Visual Thinking para facilitação e colaboração, e acreditamos que qualquer pessoa pode fazer excelentes anotações visuais aprendendo técnicas de Sketchnoting conosco.

fora da caixa > sensemaking

O sensemaking tem sido um assunto tratado com muito carinho pela Plano, isso porque não trabalhamos mais com verdades absolutas e fórmulas prontas. Toda nossa abordagem de atuação se baseia em compreender o contexto e em face disso avaliar, em conjunto com nossos clientes, as alternativas que melhor trariam o resultado ou impacto de negócio desejado. O sensemaking se baseia na tese de que as organizações vivem, internamente e externamente, diversos fenômenos sociais e que explica uma realidade de como a organização sobrevive em seu meio ambiente. A grande questão do sensemaking para as organizações é permitir que seja possível fazer com que todos os envolvidos vejam e compreendam o mesmo fenômeno, pois somente assim é possível trabalharmos juntos para resolver os desafios das organizações.

fora da caixa > design thinking

O Design Thinking se tornou um princípio básico da nossa atuação na Plano Consultoria. Isso significa que nossas ações se baseiam em promover a colaboração com diversos envolvidos para juntos encontrarmos soluções para os problemas das pessoas e das empresas. Com esse espírito, temos estudado formas de promover compreensão e decisões coletivas sempre com o olhar para as necessidades do ser humano no seu ambiente organizacional. O Design Thinking e por consequência, o nosso olhar para o mundo, se fundamenta em princípios como a construção de soluções de modo colaborativo e empático, ou seja, vivemos as dificuldades daqueles que tentamos ajudar; sempre questionamos as verdades, ou seja, não carregamos certezas conosco e buscamos fazer as perguntas certas e por fim, acreditamos no fazer, aprender e melhorar continuamente, pois acreditamos que em se tratando de seres humanos o ideal é melhorar sempre.